Desativar Preloader

Formação Do Cefapro Aos Professores Da Educação Básica Da Rede Pública No Polo De Rio Branco

... FORMAÇÃO DO CEFAFRO AOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA DA REDE PÚBLICA NO POLO DE RIO BRANCO NO MÊS OUTUBRO DE 2018


 

            Nos dias 29, 30 e 31 de outubro de 2018, em regime de cooperação técnica, o Cefapro de Cáceres realizou a Formação Cefapro (PEFC) para 180 professores da Educação Básica da rede pública do Polo de Rio Branco: Salto do Céu, Rio Branco e Lambari D´Oeste, com o desenvolvimento de quatro oficinas: 1) Linguagem: Práticas de Leitura para o Ensino Fundamental e Ensino Médio (Professora formadora Soeli Aparecida Rossi); 2) Alfabetização, Práticas de Leitura e Ludicidade na Matemática, (Professores formadores Maria Cláudia Maquêa Rocha Mattia e Régis Aparecido de Oliveira); 3) Leitura de Mundo na Perspectiva das Ciências Humanas, (Professora formadora Almerinda Auxiliadora de Souza); 4) Práticas Pedagógicas para a Educação Especial, (Professora formadora Sônia Maria de Oliveira).

            A Formação realizada faz parte de um projeto aberto que inclui as formações executados pelos Cefapros, previstas no Orientativo Pró-Escolas Formação/2018/SEDUC/SUFP-MT e requer a articulação das Secretarias Municipais de Educação, Assessorias Pedagógicas, Gestão das Escolas junto a Gestão do Cefapro. Para tanto, o Diretor do Cefapro - Alessandro Gomes de Arruda, Coordenadora de Formação do Cefapro - Roseli Ferreira Lima, Assessoras Pedagógicas - Silvania Alves dos Reis e Mônica Valéria Ferrari Santos e as Secretárias Municipais de Educação – Rute Novato de Almeida, Cleide Pires dos Santos e Edineia Bento Gonçalves, bem como os gestores das escolas públicas do subpolo de Rio Branco que juntos conseguiram articular a formação continuada diante do diagnóstico de necessidades formativas apresentadas pelos professores das escolas estaduais e municipais dos municípios de Salto do Céu, Rio Branco e Lambari D´Oeste.

Diante da realização desta formação, os gestores agradeceram ao Cefapro:

 “Há tempos solicitávamos uma formação que nos propiciasse satisfação teórica e prática, pois sempre fomos cobrados por isso e sentíamos que precisávamos de uma formação neste formato” (Rute Novato de Almeida - SMEC de Salto do Céu, 2018).

“[...] pude perceber a satisfação dos colegas em estarem participando desta formação que teve como foco a teoria e a prática relacionadas aos jogos e às atividades direcionadas às dificuldades vivenciadas na prática de sala de aula como a Leitura e a Matemática. Nesse sentido, foi possível participar das oficinas e desenvolver algumas dinâmicas e jogos com vistas aos letramentos em linguagem e matemática para trabalharmos com nossos alunos” (Cleide Pires dos Santos  - SMEC de Rio Branco, 2018);

“A hora passou tão depressa que muitos ficaram tristes por terem que ir embora, pois sabiam que havia várias possibilidades para ampliar as aprendizagens. Formações assim deveriam ter um maior tempo de duração junto aos nossos formadores do Cefapro. Gostaríamos de ampliar o tempo de formação, estamos ansiosos por outras formações ministradas pelos formadores do Cefapro” (Edineia Bento Gonçalves  - SMEC de Lambari d´Oeste).

“A formação continuada é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras” (Silvania Alves dos Reis, assessora de Salto de Céu).

“A formação continuada tem contribuído para melhorar o índice de proficiência de nossos alunos, pois os professores realizam as intervenções pedagógicas a partir dos estudos e das reflexões quanto ao diagnóstico de seus alunos, sempre com o apoio do Cefapro” (Mônica Valéria Ferrari Santos, Rio Branco).

Compartilhe essa Matéria