Desativar Preloader

REVISÃO DE ELEITORADO

... Estão sujeitos a revisão de eleitorado, com atualização dos dados cadastrais e a incorporação de dados biométricos, todos os eleitores.


         

Considerando a parceria de longa data estabelecida entre a Justiça Eleitoral e todos os profissionais da educação, levo ao conhecimento de Vossa Senhoria que em Cáceres e em outros 25 municípios de Mato Grosso, está ocorrendo a denominada REVISÃO DE ELEITORADO, que teve início no dia 03 deste mês e se estenderá até o dia 29 de março.

Estão sujeitos a revisão de eleitorado, com atualização dos dados cadastrais e a incorporação de dados biométricos, todos os eleitores, em especial aqueles que ainda não se identificaram biometricamente junto à Justiça Eleitoral.

Cáceres conta mais de 61 mil eleitores e destes, 33% já se cadastraram biometricamente. Entretanto, estão convocados mais de 50 mil eleitores, pois além daqueles que ainda não se cadastraram biometricamente, devem comparecer os eleitores cujos dados biométricos não estejam dentro dos requisitos mínimos de qualidade estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar, obrigatoriamente, um documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei) e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, etc). Os comprovantes devem estar em nome do requerente, de seu cônjuge ou companheiro (a) ou de parente seu em linha reta consanguínea, até o 2º grau (pais, filhos, avós, netos), ou por afinidade, limitando-se, neste último caso, aos ascendentes do cônjuge ou companheiro (sogro e sogra). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

Consequências do cancelamento

O eleitor com o título cancelado não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias, dentre outras restrições.

Desta forma, solicita-se seja dada a maior publicidade possível sobre a Revisão de Eleitorados, inclusive junto aos profissionais da educação e alunos regularmente matriculados, de modo a difundir a atividade de recadastramento biométrico, alertando que o comparecimento é obrigatório e que o prazo final está previsto para o dia 29 de março.

Por fim, informo que o atendimento é realizado no Cartório Eleitoral, na Rua Marechal Deodoro, nº 720, das 08 às 18h, de segunda a sexta-feira, sendo importante não deixar para a última hora, evitando filas e aborrecimentos.

Compartilhe essa Matéria