Desativar Preloader

FORMAÇÃO REALIZADA PELO CEFAPRO DE CÁCERES: IMPLEMENTAÇÃO DO DOCUMENTO DE REFERÊNCIA CURRICULAR PARA MATO GROSSO – DRC-MT

... Nos dias 20 e 21/05/2019 (Anos Iniciais); 23 e 24/05/2019 (Anos Finais); 28 e 29/05/2019 (Educação Infantil), o Cefapro de Cáceres realizou a formação para implementação do Documento de Referência Curricular para Mato Grosso na cidade de Cáceres.


Nos dias 20 e 21/05/2019 (Anos Iniciais); 23 e 24/05/2019 (Anos Finais); 28 e 29/05/2019 (Educação Infantil), o Cefapro de Cáceres realizou a formação para implementação do Documento de Referência Curricular para Mato Grosso na cidade de Cáceres. Participaram da formação 335 profissionais da educação.

O Cefapro, mediante cooperação técnica com o município de Cáceres, realizou a formação com a mediação de professores formadores que atendem as diferentes áreas do conhecimento. Os Anos Iniciais e os Anos Finais foram contemplados, contando com a participação de representantes de cada escola do referido município, em todas as áreas do conhecimento, tanto da rede municipal quanto da rede estadual.

A Educação Infantil teve a colaboração de professores da SME de Cáceres e profissionais que realizam pesquisas e trabalhos na modalidade, juntamente com professores formadores do Cefapro/Cáceres. Nesta modalidade, participaram representantes das escolas municipais do Polo.

Os Professores Formadores do Cefapro/Cáceres planejaram e ministraram a formação, sendo que no primeiro dia foi abordado sobre as concepções de educação para Mato Grosso, considerando-se a organização do Currículo de cada unidade escolar; as Metodologias ativas; a Avaliação; o Planejamento e a Formação Continuada. No segundo dia o estudo foi realizado por área do conhecimento, tanto nos Anos Iniciais quanto nos Anos Finais.

Após esta formação, cada escola deverá organizar sua formação específica para estudo do Documento de Referência Curricular para Mato Grosso. O Cefapro de Cáceres é o responsável por contribuir nas formações específicas, para tanto, requer que as escolas, em caso de necessidade, enviem um ofício ao Centro, solicitando a contribuição dos professores formadores.

 

Compartilhe essa Matéria